Fazemos parte da maior rede de Direito Empresarial do Brasil
   

INFORMATIVOS

Fontes renováveis puxam fusões e aquisições neste ano

O segmento de geração renovável de energia tem impulsionado as fusões e aquisições no setor elétrico neste ano.

Dados da KPMG mostram que, de janeiro a agosto, foram 27 operações envolvendo ativos renováveis, o equivalente a quase 80% do total de transações.

Segundo o Valor Econômico, isso representa um salto em relação ao observado nos anos anteriores: em 2018, os negócios somavam 53% do total e, em 2019, 61%.

Fontes renováveis puxam fusões e aquisições no ano, mostra KPMG

Série de fatores

Esse movimento está associado a uma série de fatores, como o menor volume de negócios no mercado regulado nos últimos anos, combinado à conjuntura mais favorável ao ambiente de contratação livre (ACL) de energia.

Sócio da KPMG no Brasil, Paulo Guilherme Coimbra avalia que o mercado se tornou mais aquecido nos dois últimos meses, após um período de maior apreensão dos agentes por causa da pandemia.

“Houve uma parada de março a junho, mas agora acelerou”. Segundo ele, os ativos de geração renovável têm atraído a atenção tanto de investidores estratégicos, quanto de grandes fundos de private equity e de pensão.

*Edição IGSA

*Fonte de pesquisa: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2020/09/04/fontes-renovaveis-puxam-fusoes-e-aquisicoes-no-ano.ghtml