Fazemos parte da maior rede de Direito Empresarial do Brasil
   

85 3066.5236

INFORMATIVOS

Tribunal de Justiça do Estado do Ceará terá plano de auditoria de longo prazo a partir de 2019

O Poder Judiciário do Ceará vai implementar, a partir de 2019, o Plano de Auditoria de Longo Prazo, com vigência até 2021. O documento foi publicado no Diário da Justiça Eletrônico dessa quinta-feira (29/11). Clique aqui e veja na íntegra.

O objetivo da iniciativa, que tem à frente o auditor chefe do Judiciário, Leonel Gois Lima Oliveira, é estabelecer o planejamento das atividades de auditoria do Tribunal para os próximos três anos, com vistas ao cumprimento da missão institucional do setor e ao apoio aos gestores para uma administração orientada para os resultados.

A elaboração do plano foi feita mediante análise da estrutura organizacional do Tribunal, dos trabalhos de auditoria ao longo dos anos 2007 a 2017, bem como nos termos da Resolução nº 171/2013, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

De acordo com o documento, a auditoria deve avaliar, por meio de atividades de controle preventivo, os atos de gestão, os processos e os procedimentos operacionais e administrativos, focando na melhoria da qualidade dos serviços prestados, na racionalidade dos gastos públicos e no combate ao desperdício.

As atividades de auditoria buscarão aferir a legalidade e a legitimidade dos atos de gestão, com abordagem dos principais aspectos de controle, como as diretrizes e metas, processos de licitação, dispensas e inelegibilidade, patrimônio, execução orçamentária, contratos e convênio, inspeções administrativas e fiscalizações.

Planejamento das auditorias

Na fase de planejamento das auditorias, será realizado o levantamento de dados, da legislação aplicável e de informações necessárias para conhecimento do objeto auditado. As informações servirão de base para a elaboração da matriz de procedimentos.

Para a execução, foram selecionadas as seguintes áreas: avaliação de controles internos; governança, gestão, riscos e controle; gestão orçamentária financeira, contábil e patrimonial; gestão documental; avaliação de resultados; gestão de contratações; gestão de recursos humanos, entre outras.

*Edição IGSA

*Fonte de pesquisa: https://www.tjce.jus.br/noticias/judiciario-do-ceara-tera-plano-de-auditoria-de-longo-prazo-a-partir-de-2019/