Fazemos parte da maior rede de Direito Empresarial do Brasil
   

INFORMATIVOS

Indústria de Pernambuco tem melhor desempenho do país em 2020

A produção industrial de Pernambuco teve queda de 2,9% em dezembro em relação a novembro, o segundo recuo consecutivo. Além disso, o resultado é o terceiro pior entre as 15 cidades analisadas pelo IBGE, atrás do Amazonas (-3,7%) e Bahia (-4%). Apesar do resultado negativo na passagem mensal, o estado fechou 2020 com saldo positivo, mesmo com os impactos da pandemia do coronavírus. No acumulado do ano, o crescimento foi de 3,7%, o maior do país. Apenas outros dois estados brasileiros tiveram saldo positivo: Rio de Janeiro (0,2%) e Goiás (0,1%), no entanto considerados na estabilidade. Já a média nacional teve queda de 4,5%. Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada pelo IBGE.

A produção industrial pernambucana foi puxada, no acumulado ano, pela fabricação de produtos de borracha e de material plástico, que teve crescimento de 11,5%, e de fabricação de produtos alimentícios, que apresentou alta de 9,7%. Ambos os setores foram bastante demandados durante a pandemia. “Se avaliarmos os dados isoladamente, vemos que essa alta de produtos oriundos do plástico aconteceu em razão do aumento da demanda de delivery e das vendas online; do setor de alimentos, que, considerado essencial, também foi bastante impulsionado pela safra do segundo semestre da cana-de-açúcar, responsável por mobilizar toda uma cadeia; e de bebidas”, avaliou Cézar Andrade, economista da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe).

O estado ainda teve desempenho positivo em dezembro, na comparação com o mesmo mês de 2019, com alta de 8,3%. O resultado foi um pouco acima da média nacional, de 8,2%. No estado, nesta comparação, 11 dos 12 setores industriais apresentaram crescimento, com destaque para Fabricação de equipamentos de transporte, exceto veículos automotores, com aumento de 125,3%, e pelo de metalurgia, com alta de 10,2%. “Ambos influenciados pelo retorno do funcionamento do Estaleiro Atlântico Sul, que está, neste momento, com as atividades voltadas à manutenção de navios”, disse Andrade. Também nesse mesmo intervalo o setor de Fabricação de produtos de borracha e de material plástico pontuou um bom desempenho, crescendo 20,4% em razão do crescimento das vendas online.
*Edição IGSA
*Fonte de pesquisa: https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/economia/2021/02/industria-de-pernambuco-tem-melhor-desempenho-do-pais-em-2020.html